• Ascom Sindspef

Mais segurança para São Gonçalo


Por: Íngrid Bianchini

A diretoria e o jurídico do SINDSPEF-SG se reuniram no dia 5 de maio na Guarda Municipal com o comandante Machado, o subcomandante Fernandes e a coordenadora da Ronda Escolar, Andreia Rosa, para esclarecer assuntos como as agressões sofridas pela guarda Adriana Leocádio na Praia das Pedrinhas pelo vereador Lucas Muniz e seu assessor Henrique Rodrigues, do fortalecimento da segurança no Colégio Municipal Presidente Castello Branco, no Boaçú e em outras unidades escolares e da implementação da lei 13.022 que prevê, entre outras medidas, o armamento da Guarda Municipal.

O comandante Machado se mostrou solidário à guarda municipal Adriana e a qualquer iniciativa que venha tomar, seja na abertura de inquérito contra os agressores, seja no encaminhamento, através do SINDSPEF-SG de uma ação de repúdio à Câmara, para que Muniz responda pelos seus atos à luz do código de ética da Casa Legislativa. Sobre o assunto, a presidente do SINDSPEF-SG, Rosangela Coelho, observou: “No dia da sessão que vai tratar do assunto a Guarda Municipal e demais servidores devem estar presentes. O objetivo é para que nenhum outro faça a mesma coisa com qualquer servidor público”.

Os altos níveis de insegurança e criminalidade nos arredores do Colégio Municipal Presidente Castello Branco também são motivo de preocupação. Vários professores foram assaltados em frente à garagem. Sem porteiro, os docentes são obrigados a saírem do carro e abrir o portão por conta própria. É justamente nesse momento que ocorre o assalto. A coordenadora da Ronda Escolar, Andreia Rosa, está ciente do problema e anunciou que foi oferecido à Guarda Municipal um espaço da escola para a instalação da 1ª Inspetoria da Ronda Escolar na cidade.

“O espaço foi cedido e autorizado pelo secretário Diego São Paio. Agora precisamos acelerar as obras de adequação do prédio para receber os guardas e os equipamentos. Mas enquanto a inspetoria não for instalada, vamos intensificar as ações da inteligência da guarda (G2) e a ronda nas laterais da escola com o apoio da Rota Ostensiva Municipal (ROMU)”, garantiu a coordenadora.

O comando da Guarda Municipal informou que o centro de vídeo-monitoramento está pronto e que nesse mês a prefeitura começa a instalação das câmeras, fixadas em lugares estratégicos da cidade. Os ônibus de monitoramento, cedidos pelo governo federal, estão prestes a entrar em funcionamento, apenas aguardando a regularização dos documentos e a finalização dos trâmites burocráticos.

“Todas essas ações darão ao gonçalense uma sensação maior de segurança. Vamos trabalhar como agentes complementares à Polícia, tanto na prevenção como na repressão à criminalidade”, relatou o Comandante Machado, que acredita ser de fundamental importância para o município implementar a lei federal 13.022/14 que regulariza as novas atribuições da instituição no auxílio da manutenção da ordem pública.

Ao final da reunião, ficou acertado um novo encontro entre o SINDSPEF-SG e a Guarda Municipal para debater as formas de implementação da Lei 13.022 no município.


208 visualizações

SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS EFETIVOS DE SÃO GONÇALO - SINDSPEF-SG

CNPJ: 05.208.698/0001-59

Rua Simeão Custódio, 48 - Centro, São gonçalo/RJ

ASCOM

Agência AB

Copyright ©Agência AB 2020 

  • instagram-logo-png-transparent-background-800x799
  • IMG_5754